sábado, setembro 04, 2004

Voltei mas não sei se fico

As férias ficaram-se. O Moleskine quase vazio. Nada reproduzível.

Uma idéia veio de férias comigo: suspender ou fechar definitivamente o tasco.

Há um ano, fez ontem, o quotidien latin abria portas com "Muitas vezes queria a espada na vez da pena. Mas isto não é maneira de estrear o dia.".

Hoje, enquanto não fecha definitivamente, despeço-me com um abraço

4 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

ai de ti que feches, pá!!!!
olha, olha...
então ando eu aqui a fazer "refresh's" consecutivos p saber qd voltaste e ler algo de novo, e tu sais-me com essa!

nem pensar!!!!
a tua sanidade e escrita urgem que escrevas, e escrevas, e escrevas!
para ti e para todos nós!

APRE!

3:35 da tarde  
Blogger Carlos Neves disse...

O que se segue não é uma ameaça mais ou menos mitigada. É um édito. No dia em que deres por terminado o labor das rotativas do "Quotidien Latin", lanço-te as brigadas vermelhas ao pêlo. Mas que raio... É preciso um levantamento popular, ou o quê? Tenho de expedir as chaimites para a porta do teu prédio, é? Veja lá se respeita os leitores. E, já agora, fique-se com um abraço de incentivo!...

3:53 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Não feches o "tasco"!

Agora que tens mais um leitor e participante; nunca te esqueças:

"Nem sempre sou igual no que digo e escrevo.
Mudo, mas não mudo muito"....
(Alberto Caeiro)

6:01 da tarde  
Blogger PFig disse...

Fechas mas é o "vernáculo"!

4:20 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial