segunda-feira, setembro 20, 2004

Beslam, o ano escolar e o senhor Capitao

Deve ser implicaçao minha, mas nao acredito. Dizem-me que para contrapor as criticas da Oposiçao que atacava o Governo sobre a abertura do ano escolar, um deputado da Maioria disse na Assembleia da Republica que tragedia tinha sido o primeiro dia de aulas na escola de Beslam. Deve ser embirraçao minha, mas recuso-me a acreditar.

Vejam bem, tentar enfiar-me uma destas: que o deputado Gonçalo Capitao tinha dito uma coisa destas. Entao e nao o despediam? Julgo eu: ha coisas com que nao se brinca, que nao se usam em proveito seja do que for.

*

Outra coisa: falei cedo demais. Santana Lopes ainda tinha guardado na manga para este final de semana que altos funcionarios do Ministerio da Educaçao iriam ser dispensados, mas afinal nao, e a culpa que diziam que tinham afinal nao era esse tipo de responsabilidade e agora vamos ver quem e que paga as favas pelo tal atraso nas listas. E ainda que uma refinaria iria fechar, mas que nao e bem assim como nos queremos e logo que haja uma confirmaçao esta prometido fumo branco nas chamines de Sao Bento. Ou holofotes da Capital a apontar para os ceus.

Eu ja me contentava com um primeiro-ministro a fingir que esta a governar.


Um abraço e ate ja

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial