terça-feira, abril 26, 2005

26 DE ABRIL

Parece natural. E é. Agora é. Como pôde ser outra coisa leva-nos a pensar que carraça se encarrapitava nos ombros dos portugueses. Que garra essa, de voz esganiçada, de provincianismo recolhido de espírito. Uma cultura de claustros e odor desmaiado de círios.

A minha terra é assim: deu-nos um chefe guerreiro de nome Viriato. Depois, foi a história a equilibrar na outra ponta. Num extremo de 40 anos de nada.


Um abraço e até já

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial