quinta-feira, dezembro 01, 2005

Regras da Moderna Vida em Sociedade


A 1 de Dezembro de 1955, a cidadã negra norte-americana Rosa Parks recusou ceder o seu lugar no autocarro a um passageiro branco. Começava uma luta pelo fim da segregação racial nos EUA. Rosie Parks morreu a 24 Outubro de 2005, aos 92 anos.

Dito assim, em duas ou três palavras, parece uma acção simples. Não deve ter sido. Eu não imagino a presença de espírito que deve ter sido exigida àquela senhora.

"I was determined to achieve the total freedom that our history lessons taught us we were entitled to, no matter what the sacrifice. When I declined to give up my seat, it was not that day, or bus, in particular. I just wanted to be free like everybody else. I did not want to be continually humiliated over something I had no control over: the color of my skin."


Um abraço e até logo

1 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

realmente é verdade...
como uma coisa tão simples e natural como a cor da pele pode provocar tantas lutas...

12:30 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial