domingo, maio 02, 2004

Why why

Caríssimo sedentário, não sei se sou feito do mesmo barro que deu forma a Vassili Zaitsev, se o criador nos talhou com o mesmo formão. Agrada-me pensar que sim, que algo de comum correria nas nossas entranhas. Mas o que me consome é que para abater o mestre dos snipers alemães eu tenha de expor à sua fúria, não um, mas vários Koulikovs.

Um abraço e até logo

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial